Erosão Ácida

Muitas das comidas e bebidas que integram a dieta moderna, incluindo sumos de fruta, vinagre balsâmico, vinho e muitas frutas contêm ácidos que amolecem o esmalte dentário e podem conduzir a uma condição chamada erosão ácida.

Isto acontece quando a superfície do dente é exposta a ácidos oriundos de comidas e bebidas. Neste ponto, a camada dura de esmalte amolece temporariamente.

Com o passar do tempo, este amolecimento pelos ácidos pode causar um desgaste significativo, particularmente, quando combinado com a abrasão pela escovação dentária.

A crescente longevidade da dentição, combinada com a dieta moderna, leva a que os efeitos do desgaste (incluindo os provocados pela erosão) sejam mais comuns e evidentes. Quase todas as pessoas com dentes naturais estão sujeitas a desenvolver alguns sinais de erosão ácida.

O que procurar?

Estados iniciais:

1. sensibilidade no momento do consumo de comidas ou bebidas frias;
2. aspecto arredondado da superfície do dente;
3. os dentes tornam-se amarelados à medida que os ácidos desgastam o esmalte e a dentina subjacente vai sendo exposta.

Estados avançados:

1. coloração ainda mais escura dos dentes;
2. transparência dos bordos incisais;
3. pequenos traços de fractura nos bordos incisais;
4. sensibilidade severa;
5. pequenas fossas na superfície dos dentes.

Erosão ácida: prevenção

Os efeitos da erosão ácida podem afetar pessoas de todas as idades e, uma vez presentes, não podem ser revertidos - a proteção é a melhor política.

O que pode fazer?

1. Evitar escovar os dentes com força usando escovas duras e pastas abrasivas.
2. Beba os refrigerantes ou bebidas gaseificadas rapidamente - não as agite ou retenha por longos períodos na boca.
3. Escolha uma pasta dentífrica que tenha uma baixa abrasividade, isenta de ácidos e com alto teor de flúor biodisponível. Evite pastas clareadoras.